quinta-feira, outubro 05, 2006

Ser Livre


Ser criança é ser livre
É falar sem pensar
É dizer e sentir
É esperar e descobrir
É brincar sem ter medo
É correr e às vezes cair
É experimentar e perguntar
É rir, mas também chorar
É esperar sempre o melhor
É conhecer o desconhecido
É procurar o amor e ser aceite
É nunca desistir de ser feliz
É sempre acreditar no sonho encantado
É ver as cores do arco-íris
É nunca deixar de ser criança
É simplesmente ser livre

Marta P. Silva



"A vida nem sempre é justa. As crianças não nascem iguais em direitos. Mas não podemos desistir de contrariar uma certa ordem das coisas, bater à porta do coração e perguntar sem medo: pode-se entrar?"


in Preciso de Ti, de Pedro Strecht

4 comentários:

  1. olá! Gostei imenso do seu blog! Vou ser visita assídua...
    Quanto ao poema, acho lindo e verdadeiro. Beijinhos e até breve...

    ResponderEliminar
  2. Oi... Gostei do seu blog e tenho a sensação de que cada vez mais as educadoras e futuras educadoras têm tendência, cada vez mais, a partilhar as suas experiências e/ou conhecimentos..Isso é muito bom! Adorei o poema, está fantastático! Vou passando! Bjs

    ResponderEliminar
  3. Não tem sido regra criar laços com pessoas que se conhecem no hi5. Mas de vez em quando lá surge uma agradável surpresa.
    Saliento um aspecto positivo neste texto...sentes aquilo que fazes, e isso é muito bom.
    Terei todo o prazer em visitar também o teu blog.
    Espero que possamos criar laços.
    Um abraço
    God bless

    ResponderEliminar
  4. Helder Gomes9/10/06 00:50

    Neste poema por ti escrito me faz pensar que tens algo mt bom pra dar a estas riquezas e que a forma como as vês na tua vida sao a expressão da tua liberdade e da tua força de viver!Bj Helder Gomes

    ResponderEliminar